Unique Opportunity: Neurosurgeon.org Domain Now Available for Purchase

Welcome to Neurosurgeon.org, a premium domain now available for acquisition. This rare opportunity is particularly suited for professionals, organizations, and businesses within the field of neurosurgery and related medical specialties.

Neurons and nervous system. 3d render of nerve cells

Why Neurosurgeon.org?

Neurosurgeon.org is a prestigious and authoritative domain that offers unparalleled credibility in the neurosurgery field, enhanced SEO potential, and versatile usage for a global audience in a specialized medical niche.

Credibility and Authority:

The domain name Neurosurgeon.org instantly establishes credibility and authority in the highly specialized field of neurosurgery. It’s a name that resonates with professional expertise and trust.

Memorable and Impactful:

An easy-to-remember domain that stands out, ensuring a strong online presence. It’s not just a domain, it’s a statement of expertise and prestige in the medical community.

SEO Advantages:

With relevant keywords built into the domain name, it’s poised for effective search engine optimization (SEO), making it easier for potential patients and partners to find your services online.

Versatile Usage:

Ideal for a variety of purposes such as a professional portfolio, an informational resource, a platform for a medical practice, a community forum, or an online hub for neurosurgical advancements.

Exclusive Niche Market Appeal:

Neurosurgeon.org targets a specific, high-value audience, making it an exceptional choice for reaching a niche market in the medical field. Its exclusivity is a key advantage for specialists seeking to connect with a focused demographic, including potential patients, medical students, and peer professionals.

Global Reach and Recognition:

The .org extension is recognized and respected worldwide, carrying an international appeal. This global recognition makes Neurosurgeon.org an ideal platform for international collaborations, conferences, and expanding your reach beyond local or national boundaries, appealing to a global audience interested in neurosurgery and related medical fields.

Who Should Consider This Domain?

Our comprehensive suite of professional services caters to a diverse clientele, ranging from homeowners to commercial developers.

Medical Practitioners and Neurosurgeons:

  • Establish or expand your online presence with a domain name that speaks directly to your expertise.

Healthcare Institutions:

  • Perfect for hospitals, clinics, and medical centers specializing in neurosurgery and brain health.
View through glass, Team doctor presentation of brain x-ray results through screen to present to medical team in meeting room. Showcases treatment of nervous system and brain.
Magnetic Resonance Imaging machine from control room – a series of MRI. Interior Of Radiography Department With MRI Scanner In Hospital.

Educational and Research Organizations:

  • A valuable asset for institutions focusing on neurosurgical education, research, and advancements.

Healthcare Marketing Agencies:

  • A domain that can be developed into a resourceful site for attracting the right audience in the medical field.

“Unlock the potential of a specialized digital frontier with Neurosurgeon.org, your gateway to leading-edge neurosurgical expertise and global community engagement.

Annie Steiner

CEO, Neuroprint

Watch, Read, Listen

No posts were found.

Invest in Your Online Presence

Owning Neurosurgeon.org is more than just owning a piece of digital real estate; it’s an investment in your professional identity and online presence in the world of neurosurgery. This domain offers the potential for growth, brand development, and establishing a significant footprint in the digital healthcare landscape.

Contact Us for Details

Interested in acquiring Neurosurgeon.org? Contact us for more information on pricing and the transfer process. Don’t miss out on the chance to own this exclusive domain. Reach out today and take the first step in elevating your online presence in the neurosurgical field.

Vascular.pro – Cirurgião Vascular em São Paulo Cirurgião Vascular em São Paulo

  • O Poder dos Flavonóides na Saúde Cardiovascular

    by Dr. Alexandre Amato on maio 14, 2024 at 2:08 pm

    Os flavonoides são uma das ferramentas mais poderosas da natureza para manter um sistema circulatório saudável e robusto. Estas substâncias bioativas, encontradas em abundância em frutas, vegetais e legumes, desempenham um papel crucial na prevenção de doenças cardiovasculares, incluindo hipertensão e outras condições cardíacas.

    Resumo
    O vídeo “Descubra o poder secreto das plantas na sua circulação” apresentado pelo Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato, destaca a importância dos flavonoides, substâncias naturais encontradas em diversas plantas, frutas, verduras e legumes, para a saúde humana, especialmente a saúde cardiovascular e cerebral.

    Os flavonoides são potentes antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres no corpo, protegendo as células dos danos oxidativos. Eles também apresentam efeitos anti-inflamatórios e anti-hipertensivos, que ajudam na proteção vascular. Os flavonoides podem melhorar a função endotelial, aumentar o fluxo sanguíneo e causar a vasodilatação, levando mais sangue e oxigênio para a periferia do corpo. Além disso, eles podem diminuir a pressão arterial e aumentar o fluxo cerebral, prevenindo e diminuindo a probabilidade de doenças cerebrovasculares.

    Os estudos sugerem que pessoas que consomem altas quantidades de flavonoides têm menor chance de um evento cardiovascular fatal. Alimentos ricos em flavonoides incluem maçãs, vinho tinto, toranja, cacau e chá preto. O vídeo também menciona que os flavonoides podem beneficiar a saúde cerebral, protegendo contra o declínio cognitivo associado ao envelhecimento.

    O Dr. Amato enfatiza que uma dieta balanceada, rica em verduras, legumes e frutas, pode fornecer ao corpo os flavonoides necessários, sem a necessidade de suplementação. Ele recomenda “desembalar menos, descascar mais”, como uma maneira de consumir mais alimentos naturais e menos alimentos ultra-industrializados.

    Finalmente, o vídeo sugere que os flavonoides são como um exército de antioxidantes no corpo, combatendo os radicais livres e protegendo o corpo. Um link para um ebook com várias receitas ricas em flavonoides é mencionado como um recurso adicional para os espectadores.

    Transcrição
    Descubra o poder secreto das plantas na sua circulação.  frutas e vegetais.  Contêm uma substância secreta que melhoram a nossa saúde cardiovascular.  E com os flavonoides que a gente tem  um sistema circulatório robusto, funcionante e com saúde,  É a solução natural para a hipertensão e várias doenças cardíacas.  Agora você sabia que você já comeu o flavonoides hoje?  Descubra onde encontrar!  Eu vou colocar aqui nesse vídeo  um link para um ebook com várias receitas ricas em flavonoides.  Mas como eu não quero que qualquer um saia usando ou sem consciência  do que está fazendo, eu vou colocar aqui no vídeo,  passando lá embaixo uma senha para você conseguir baixar esse ebook que é gratuito  e um presente para você.  Eu sou o Dr.  Alexandre Amato,  cirurgião vascular do Instituto Amato e ajudo pessoas com problemas circulatórios  a entenderem o seu problema e melhorar em qualidade de vida.  Eu sei que você já comia flavonóides diariamente  porque você já está inscrito no canal e já sabe dessas dicas, não é não?  Então se inscreve lá embaixo.  Então, o que são flavonóides?  Flavonóides são substâncias naturais, bioativos  encontradas em diversas plantas frutas, verduras, legumes.  Os flavonóides representam o segundo maior  grupo dos polifenóis presentes na dieta do ser humano.  Os flavonóides podem ser divididas  em diversas classes baseadas aí na sua estrutura molecular.  Então nós temos as flavonóides azuis ou flavonóides, as antocianinas.  É a classe mais comum que são os flavonóides.  Apenas uma pequena parte dos flavonóides vai ser realmente absorvida,  porque isso depende muito da estrutura molecular desse composto,  mas também de fatores ambientais e fatores inerentes ao nosso corpo.  Após a ingestão, os flavonóides vão ser metabolizados  e apenas 5 a 10% vão ser integralmente  absorver e o restante vai acabar  transitando no trato gastrointestinal, indo para o intestino.  E eles vão influenciar também na microbiota intestinal,  naquelas bactérias que vivem em simbiose com a gente.  esses flavonóides eles viajam para o nosso corpo,  podendo influenciar a saúde do tecido que eles se encontram,  ou eles vão ser metabolizados pelo fígado e acabar sendo excretado.  E eles têm uma correlação direta com a saúde vascular, com a cognição,  com a função cerebral.  E entender como os flavonóides funcionam na nossa circulação  é fundamental para entender como ele vai ajudar no nosso cérebro  e como os flavonóides é uma categoria de substâncias  com moléculas diferentes com biodisponibilidade diferente,  que vai ser alterada pela pelo corpo, pela genética da pessoa, pelo ambiente.  E, como eu disse, pela própria molécula.  Isso acaba sendo muito difícil fazer um estudo científico  e tem vários que vão ter respostas diferentes.  porque vai ser a localização não alguma genética preponderante naquela população?  Ou um flavonóides que é um tipo ou uma molécula  que é um pouquinho diferente, que vai ser mais absorvida ou menos absorvida.  Então realmente tem uma variação muito grande na literatura médica,  mas isso não invalida os efeitos benéficos na circulação.  Então, já foi muito estudado os flavonóides do cacau  e o flavonóides do chá,  tanto que eu já fiz vídeos sobre esses dois assuntos aqui no canal.  Então, de todos esses estudos que já foram realizados,  eles sugerem que tem sim um benefício na saúde cardiovascular.  Agora, essa heterogeneidade, essa variação dos estudos de dose do tipo  acaba diminuindo o poder estatístico  e a força desses estudos para provar alguma coisa.  Então, os flavonoides, eles tem um efeito antioxidante,  então eles vão atuar na oxidação lipídica  e combatendo aqueles radicais livres que eu vivo falando aqui no canal.  Então, dessa forma também vai apresentar efeitos anti-inflamatórios,  efeitos anti trombose únicos, efeito anti proliferar ativo  e até mesmo efeito anti-hipertensivos que ajudam na proteção vascular.  Então os flavonóides.  Por um lado, eles aumentam a função endotelial, melhoram a circulação,  aumentam o fluxo sanguíneo, causam a vasodilatação,  levando mais sangue e oxigênio para a periferia e,  consequentemente, diminuindo o risco cardiovascular.  Mas, por outro lado, também diminuem a pressão arterial,  aumentam o fluxo cerebral, prevenindo  e diminuindo a probabilidade de doenças cérebro vasculares.  Os estudos mostram que pessoas que consomem altas  quantidades de flavonóides têm menor chance  de um evento cardiovascular fatal.  Então, pra quem consome mais do que 300 miligramas ao dia,  ouve uma mostrando que diminui esse risco.  Agora, quem consome menos do que 120 miligramas  por dia acaba tendo um aumento desse risco.  Então, flavonóides tem em muitas frutas.  Vegetais a gente vai encontrar em maçã, vai encontrar no vinho tinto.  Tem um vídeo falando sobre isso também vai ser encontrado em Toranja,  vai ser encontrado no cacau.  Tanto que tem trabalho mostrando as categorias típica  pequenas do cacau, diminuindo também o risco de evento cardiovascular.  O chá preto, que é riquíssimo em flavonoides,  também foi associado à diminuição de pressão arterial.  Por outro lado, os efeitos das antocianinas  não foi tão evidente na mudança pré histórica.  Então os flavonóides tem um efeito na função endotelial na produção  daquele nítrico que é responsável pela vasodilatação  e a produção menor do óxido  nítrico, por uma falta eventual falta de flavonóides  pode causar a vasoconstrição ou a dificuldade  nessa modulação, nessa regulação do diâmetro vascular.  Então, os flavonoides. Eles mantêm esse  mecanismo de vasodilatação funcionando adequadamente.  Obviamente, a gente ainda precisa de mais estudos para avaliar  quais são os melhores e doses para que a gente tenha isso perfeito.  Agora tem trabalho recente mostrando que os flavonóides também podem aumentar  ou o fluxo cerebral, de forma que chega a mais sangue,  mais oxigênio para o órgão que mais demanda oxigênio no nosso corpo.  Dessa forma, acredita se que os flavonóides podem diminuir  os problemas cognitivos e neurodegenerativas decorrentes da idade.  Teve um trabalho mostrando que o consumo de bebidas ricas em flavonoides do cacau  melhorou a resposta cognitiva de alguns pacientes.  E com tudo isso, você deve estar  se perguntando e aí, eu tenho que tomar uma cápsula de flavonóides?  Eu tenho que ir atrás de alguma coisa específica rica em flavonóides?  Na verdade, a ingestão de flavonóides é extremamente benéfica, mas como  é uma classe de substâncias, elas existem em vários alimentos diferentes.  E se a gente faz uma dieta balanceada, uma dieta rica em verduras  e legumes, frutas, a gente já está naturalmente  dando esses flavonóides para o nosso corpo.  O que eu vejo ultimamente é que as pessoas estão dependentes  daqueles alimentos ultra super industrializados  que não vai ter nada de de flavonóides ou alimentos assim muito pobres nisso.  Aquela velha verdade que é comer saudável de, ter uma grande variabilidade  alimentar de não ter aquela rotina de comer sempre a mesma coisa,  buscar alimentos mais naturais,  então desembalar menos, descascar mais.  São regras gerais que já ajudam a aumentar significativamente  a quantidade de flavonoides que você está comendo.  Qual é o flavonoides que você está comendo diariamente?  Então me escreve lá embaixo no comentário que eu quero saber.  Coloque mais flavonoides, diferentes tipos de flavonoides  na sua alimentação para que eles atuam sinergicamente.  Lembre se que são moléculas diferentes,  que tem efeitos diferentes, não exatamente iguais.  Então um pode fazer uma coisa, o outro faz uma outra que também ajuda.  E aí eles vão compondo.  Aí uma alimentação saudável, com um efeito ultra benéfico para sua circulação.  Os flavonóides são como um exército  de antioxidantes no seu corpo, combatendo os radicais livres  e protegendo o seu corpo Para você entender isso,  eu vou colocar o próximo vídeo sobre a inflamação.

    Própolis Verde Com 60 Capsulas de 500mg Flora Nativa do Brasil

    Vitafor – Resveratrol Plus – 60 Cápsulas

    Kit 4x Extrato De Laranja Moro, Café Verde, Cromo 3×1-240 Cápsulas – 700MG – Suplemento Alimentar – Denavita

    Morosil Laranja Moro 500mg 60 Cápsulas – 4 Unidades

    Price not available

    R$ 119,02

    Price not available

    R$ 59,92

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Própolis Verde Com 60 Capsulas de 500mg Flora Nativa do Brasil

    Price not available

    Comprar na Amazon

    Vitafor – Resveratrol Plus – 60 Cápsulas

    R$ 119,02

    Comprar na Amazon

    Kit 4x Extrato De Laranja Moro, Café Verde, Cromo 3×1-240 Cápsulas – 700MG – Suplemento Alimentar – Denavita

    Price not available

    Comprar na Amazon

    Morosil Laranja Moro 500mg 60 Cápsulas – 4 Unidades

    R$ 59,92

    Comprar na Amazon

    O que são Flavonoides?

    Flavonoides são uma classe de polifenóis naturais presentes em várias plantas. Esses compostos são conhecidos por suas propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e vasodilatadoras. Eles trabalham neutralizando radicais livres e reduzindo a inflamação, o que pode levar a uma melhor função endotelial e menor risco de formação de placas nas artérias.

    Benefícios dos Flavonoides para a Circulação

    Antioxidantes Poderosos: Os flavonoides ajudam a combater os radicais livres no corpo, que podem danificar as células e levar a doenças crônicas, incluindo problemas cardíacos.

    Melhoria da Função Endotelial: Eles promovem a saúde dos vasos sanguíneos ao melhorar a função do endotélio, a camada de células que reveste o interior dos vasos sanguíneos. Isso facilita a vasodilatação e melhora o fluxo sanguíneo.

    Redução da Pressão Arterial: Flavonoides têm efeitos anti-hipertensivos, ajudando a baixar a pressão arterial e a reduzir a carga sobre o coração.

    Proteção Contra Doenças Cardíacas: Estudos sugerem que dietas ricas em flavonoides estão associadas a um menor risco de doenças cardíacas.

    Fontes Comuns de Flavonoides

    Frutas: Maçãs, uvas, morangos e citrinos são ricos em flavonoides.

    Vegetais: Cebolas, pimentões e espinafres contêm altos níveis desses compostos.

    Chá e Vinho: O chá, especialmente o verde, e o vinho tinto são conhecidos por suas concentrações significativas de flavonoides.

    Consumo Diário Recomendado

    Embora não exista uma recomendação diária específica para a ingestão de flavonoides, incluir uma variedade de frutas e vegetais na dieta diária é uma estratégia eficaz para garantir uma ingestão adequada desses importantes nutrientes.

    Conclusão

    Incluir flavonoides na dieta é uma maneira excelente e natural de proteger a saúde cardiovascular. Dada a sua capacidade de melhorar a função dos vasos sanguíneos e reduzir a pressão arterial, esses compostos desempenham um papel essencial na manutenção da saúde circulatória e geral. Optar por uma dieta rica em frutas e vegetais diversos é a chave para aproveitar esses benefícios.
    O post O Poder dos Flavonóides na Saúde Cardiovascular apareceu primeiro em Vascular.pro.

  • Restrição Calórica e Saúde Vascular: Uma Estratégia Para Longevidade

    by Dr. Alexandre Amato on maio 7, 2024 at 12:20 pm

    A restrição calórica, conhecida por reduzir o consumo de calorias sem provocar desnutrição, emerge como uma abordagem promissora para melhorar a saúde e aumentar a longevidade. Diferente de uma simples dieta de emagrecimento, essa prática se foca na qualidade nutricional dos alimentos consumidos, garantindo que todos os nutrientes essenciais sejam obtidos em quantidades adequadas.

    Tabela de conteúdosEvidências Científicas e BenefíciosComo Implementar a Restrição Calórica?Desafios e ConsideraçõesConclusão

    Resumo
    O Dr. Amato, cirurgião vascular, explora os benefícios da restrição calórica para a saúde e a longevidade. Ele discute como a redução da ingestão calórica, sem comprometer a nutrição, pode proteger o coração, melhorar a saúde vascular, e potencialmente aumentar a expectativa de vida. A restrição calórica tem se mostrado eficaz em diversos seres vivos, como moscas, vermes, roedores e até macacos, e está associada à diminuição de doenças relacionadas à idade, como câncer, diabetes e doenças cardiovasculares. O vídeo também menciona estudos em humanos, embora sejam mais limitados, e aborda como essa dieta pode retardar o envelhecimento das artérias e melhorar a saúde cardiovascular.

    Transcrição
    Você sabia que a restrição calórica pode ser a chave para uma vida mais longa  e saudável?  Será que a restrição calórica é para você?  Fica aqui comigo e vamos descobrir.  Hoje nós vamos falar sobre a relação das calorias com a circulação.  Eu sou o Dr.  Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato,  e eu ajudo pessoas com problemas circulatórios  a entenderem o seu problema e melhorarem a qualidade de vida.  Descubra como essa dieta inovadora pode sim proteger seu coração  melhorar a sua saúde e ainda aumentar sua expectativa de vida.  Eu sei que você é uma pessoa já muito precavida  e já está inscrita aqui no canal, então não vou nem ficar insistindo.  Então eu queria lembrar que as principais causas de morte no Brasil estão infarto,  insuficiência coronariana, pneumonia, influenza,  diabete, UTIs, AVC e violência.  Então, essas causas  você pode ver que a maior parte delas estão relacionadas à circulação.  E obviamente que essas doenças circulatórias  aumentam com o passar da idade.  Então Está ficando com mais idade?  Sim, Aumenta seu risco  de ter algum problema desse tipo e você tem que começar a se precaver.  Então, pra mais dicas de alimentação de um estilo de vida saudável,  quero você aqui comentando lá embaixo e inscrito no canal.  A restrição calórica é uma dieta onde tem uma diminuição  da quantidade de calorias ingerida, mas sem a desnutrição,  de forma que não implica numa má qualidade nutricional.  A restrição calórica já vem sendo estudada há décadas  porque ela mostrou eficácia em vários outros seres vivos.  Então aumenta a expectativa de vida em moscas  e em vermes e em roedores até em macacos.  E isso já foi demonstrado.  Mas não só isso.  A restrição calórica também mostrou  que diminui a incidência de todas as doenças relacionadas à idade.  Então demens.  Câncer, diabetes e doenças cardiovasculares.  Imagina que se você só diminui a quantidade de alimento e caloria  que está ingerindo, você consegue evitar tudo isso?  O grande problema é que é muito fácil  fazer estudo científico em animais, mas é quase impossível  eu fazer um estudo científico de verdade a longo prazo em seres humanos.  O que a gente tem são dados  fragmentados, Por exemplo,  de uma dieta  por um jejum de origem religiosa.  Então pode estudar essas pessoas ou áreas populacionais em que,  naturalmente as pessoas já comam menos, como por exemplo, Okinawa, no Japão,  que é uma bloom zone, e as pessoas já vivem muito mais lá.  Um dos fatores é a quantidade de ingerida.  Então, eu estudei centenas de artigos científicos  para conseguir trazer essas informações aqui para vocês.  Não despreze despreze,  porque hoje você vai aprender os efeitos da restrição cardiovascular.  Porque hoje você vai aprender os efeitos da restrição calórica nas doenças  cardiovasculares e no envelhecimento da circulação circulação.  Então o que esse trabalho sugere é que existe uma modulação na produção  de alguns hormônios, como a leptina e a dipirona,  que tem um importante efeito vascular,  mas também uma proteção endotelial, que é a primeira camada  células lá dentro das nossas artérias e veias,  influenciando aí naquele processo natural de envelhecimento  das artérias, que é o enrijecimento ou endurecimento dessas artérias.  Então, se há restrição calórica, ela pode retardar esse endurecimento  das artérias.  Poderia manter a saúde vascular por mais tempo, mas também tem um efeito  no coração, prevenindo e melhorando a função diastólica do ventrículo esquerdo  e também prevenindo morte dos cardiomiopatia,  os apoptose celular e a fibrose cardíaca.  E esses efeitos benéficos estão relacionados  então à diminuição da inflamação e do estresse oxidativo.  E como que isso acontece?  Uma das teorias é a melhora na regulação da glicose,  aumentando a sensibilidade à insulina.  Teve trabalho que mostrou até uma melhora de 50%  na prevenção de câncer em macacos.  Então, o ponto importante é que a restrição calórica  parece mostrar benefícios também em pessoas não obesas.  Então está só relacionado com a perda de peso.  A perda de peso é importante sim.  Mas parece que a restrição calórica tem outros efeitos na saúde.  Quando a gente vai ficando mais velha, nossos vasos tem dificuldade de funcionar  bem por causa de um acúmulo de substâncias que são espécies reativas de oxigênio.  A restrição calórica pode atuar exatamente aí, que é na formação do óxido nítrico,  que é responsável pela vasodilatação e funcionamento do endotélio, limpando,  tecido desse estresse oxidativo,  limpando o tecido, desse stress oxidativo  e ajudando a deixar esses vasos abertos e funcionar.  Além disso, no envelhecimento tem o processo natural de endurecimento  dessas artérias e parece que a restrição calórica  ajuda a manter essas artérias mais flexíveis por mais tempo.  E também tem uma doença chamada aterosclerose,  que é a deposição de placas aterosclerose, ficas com cálcio, com gordura  e que acaba causando a obstrução desses vasos.  A restrição calórica ela evita a progressão dessa doença.  Agora é natural que com o tempo passando, o sistema cardiovascular vai sofrendo  extensas mudanças.  Isso, isso é natural,  não só inerentes ao nosso corpo, mas também por fatores ambientais.  A gente acaba ficando exposto mais tempo a fatores estressores do ambiente,  que pode ser a poluição, pode ser  o stress, pode ser alimentos exagerados.  Então tudo isso vai piorando.  Quanto mais tempo é exposto a esses fatores,  mais chance de aparecimento dessas doenças vasculares.  E aí podem acontecer  os casos mais graves de obstrução,  de ruptura, de placa, de tudo mais que pode ocorrer dentro de uma artéria  ou de uma veia.  Então você deve estar se perguntando como fazer essa restrição calórica?  Quem faz preconiza que é importante comer menos  25% da quantidade de caloria necessária ao mesmo tempo tem que comer  a quantidade necessária de nutriente para que não fique desnutrido.  Esse é um equilíbrio bem tênue para a gente conseguir atingir.  E depende individualmente das proporções  de cada um de altura, de tamanho de sexo.  Por isso eu vou colocar aqui embaixo um link para você preencher  e saber quanto de caloria que você precisa normalmente.  E se fosse fazer uma restrição calórica.  Agora é muito mais fácil você seguir.  Isso é tão importante que eu já comentei de Okinawa no Japão.  No Japão é uma tradição.  Essa tradição é chamada de rara racha ibu,  que significa literalmente comer até estar 80% cheio.  Então você vai diminuir 20% da sua alimentação.  e isso é uma questão cultural. Lá.  Esse é um conceito que faz, então as pessoas pararem de comer  quando já estão levemente satisfeitas, senso, se sentir cheia, empanturrada.  E isso promove a manutenção da saúde e aumento da expectativa de vida.  É óbvio que ainda falta muito estudo científico por causa das dificuldades  que eu já comentei aqui, então não dá pra eu falar  que realmente isso vai funcionar, o quanto que vai funcionar  ou até mesmo se esses 25% é o número chave.  Mas os dados que a gente tem até hoje sugerem que sim, que tudo isso,  todo esse benefício para a saúde e aumento de longevidade é possível.  E aí, me conta as suas experiências com a restrição calórica?  Já tentou? Me fala lá embaixo.  E fica aí que eu vou colocar um vídeo sobre um suplemento que já  foi correlacionado com aumento da longevidade.

    Agora alimentos, líquido de fruta de monge certificado, adoçante líquido zero-caloria, orgânico, 2 fl oz

    Adoçante Stévia Color Andina 40g

    Tabela de Calorias

    RECEITAS LOW CARB: Receitas de baixas calorias, saudáveis, praticas, deliciosas e fáceis de fazer, para perder peso e queimar gordura de maneira rápida e eficiente sem passar fome.

    R$ 104,09

    R$ 69,90

    R$ 34,65

    R$ 19,99

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Agora alimentos, líquido de fruta de monge certificado, adoçante líquido zero-caloria, orgânico, 2 fl oz

    R$ 104,09

    Comprar na Amazon

    Adoçante Stévia Color Andina 40g

    R$ 69,90

    Comprar na Amazon

    Tabela de Calorias

    R$ 34,65

    Comprar na Amazon

    RECEITAS LOW CARB: Receitas de baixas calorias, saudáveis, praticas, deliciosas e fáceis de fazer, para perder peso e queimar gordura de maneira rápida e eficiente sem passar fome.

    R$ 19,99

    Comprar na Amazon

    Evidências Científicas e Benefícios

    Estudos em animais, como moscas, vermes e roedores, demonstraram que a restrição calórica pode aumentar a expectativa de vida e reduzir a incidência de várias doenças associadas ao envelhecimento, como câncer, diabetes e doenças cardiovasculares. Em seres humanos, os estudos são mais desafiadores devido à necessidade de longo prazo para pesquisa, mas evidências preliminares sugerem benefícios semelhantes.

    Um dos aspectos mais benéficos da restrição calórica é sua influência sobre o sistema cardiovascular. A redução na ingestão de calorias tem mostrado potencial para melhorar a função diastólica do ventrículo esquerdo e reduzir a fibrose cardíaca, que pode levar à cardiomiopatia. Além disso, pode haver um retardamento do processo natural de endurecimento das artérias, conhecido como arteriosclerose, que é um fator de risco para doenças como ataques cardíacos e derrames.

    Como Implementar a Restrição Calórica?

    Implementar a restrição calórica requer um planejamento cuidadoso para garantir que a redução de calorias não comprometa a ingestão nutricional. Idealmente, a ingestão de calorias deve ser reduzida em cerca de 20 a 25% do necessário para manter o peso corporal, sem que isso resulte em perda de peso excessiva ou desnutrição. É essencial consultar um nutricionista para desenvolver um plano alimentar que se adeque às necessidades individuais, considerando fatores como idade, sexo, peso e atividade física.

    Desafios e Considerações

    Embora promissora, a restrição calórica não é adequada para todos. Indivíduos com condições de saúde específicas ou aqueles em fases de crescimento, como crianças e adolescentes, não devem adotar esta prática sem supervisão médica. Além disso, a restrição calórica pode ser psicologicamente desafiadora e requer um comprometimento significativo com mudanças no estilo de vida.

    Conclusão

    A restrição calórica representa uma abordagem intrigante para a promoção da saúde e prolongamento da vida, especialmente no que diz respeito à prevenção de doenças cardiovasculares e à melhoria da função cardíaca. No entanto, mais pesquisas são necessárias para entender completamente seus benefícios e riscos em humanos.

    O post Restrição Calórica e Saúde Vascular: Uma Estratégia Para Longevidade apareceu primeiro em Vascular.pro.

  • Beterraba: O Superalimento que Melhora a Circulação Sanguínea

    by Dr. Alexandre Amato on abril 30, 2024 at 10:52 am

    A beterraba é mais do que apenas um legume de cor vibrante e atraente; é uma verdadeira potência nutricional, especialmente benéfica para a saúde vascular. Este artigo explora como os compostos bioativos e nitratos naturais da beterraba contribuem para uma circulação sanguínea saudável e outros benefícios para a saúde.

    Sumário

    Resumo

    No vídeo, o Dr. Alexandre Amato, um cirurgião vascular do Instituto Amato, discute os benefícios da beterraba para a saúde vascular devido aos seus compostos bioativos e nitratos naturais. Ele explica como os antioxidantes e nitratos da beterraba melhoram a circulação e podem ajudar em atividades físicas e na saúde cerebral. Destaca também a importância da beterraba na regulação da pressão arterial e na prevenção de doenças cardiovasculares. No final, Dr. Amato oferece um ebook gratuito com receitas que utilizam beterraba de maneira saudável.

    Transcrição

    Descubra como a beterraba e seus compostos bioativos e nitratos naturais podem ser a solução para os problemas circulatórios, além da sua cor vibrante e roxa. Ela esconde um monte de antioxidante natural que são extremamente poderosos e trazem benefícios desde a atividade física até na memória. Eu sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato. Eu ajudo pessoas com problemas circulatórios a entenderem o seu problema e melhorar a qualidade de vida. eu estudei horas a fio, levantei um monte de artigo científico, li todos eles para conseguir filtrar e trazer para você a melhor evidência sobre a beterraba na sua saúde vascular. Assim, você não vai precisar ficar vendo um monte de vídeo aí pela internet ou sair lendo um monte de coisa por aí sem saber o que é verdade, o que não é. Então fica aqui comigo até o final do vídeo que eu vou colocar um presente para você um ebook gratuito com várias receitas para você conseguir usar a beterraba de forma benéfica para sua saúde. Só que como ela tem sim um efeito muito grande na circulação, eu não quero que qualquer um saia usando. São receitas realmente poderosas e eu não quero então que qualquer um que não estude ou que não saiba nada sobre o assunto acabe disseminando essa informação por aí. Então eu vou colocar um código para, você baixar esse ebook aqui no vídeo. Então eu preciso dizer a beterraba é um superalimento cheio de composto bio ativo e de antioxidante. Mas não só ela até a folha da beterraba. Ela é muito rica em manganês, então ela possui várias substâncias nutritivas, entre elas o folato. O folato é muito importante naquela regulação da homocisteína que é responsável por vários problemas cardiovasculares, entre eles a aterosclerose. Só que a forma que ela é apresentada aqui na beterraba é a forma que o nosso intestino consegue aproveitar mais. E é muito importante também na formação da glutationa, que é um antioxidante natural que a gente produz. Obviamente precisa que todo aquele ciclo da vitamina B12, B6 esteja funcionando corretamente, que não tenha aquela alteração genética que pode impedir esse funcionamento, mas possui sim essa substância super útil para a nossa saúde vascular. Por outro lado, ela é muito rica em carboidratos e em açúcar. Tem caloria. Então a gente tá falando de beterraba. Ao colocar a beterraba na alimentação, não é só acrescentar a beterraba e substituir alguma outra coisa pela beterraba que se você sair acrescentando tudo o que for alimento saudável, você vai comer um prato gigantesco com uma caloria estourada e não vai te fazer bem. Ela contém também bastante rotina, que é um antioxidante utilizado bastante nas doenças vasculares venosas. Aliás, esse é um assunto bem legal. Se te interessar, comenta lá embaixo que eu faço um vídeo sobre a rotina que ela pode inclusive até controlar ou ajudar a diminuir o colesterol ruim. A beterraba também tem muito nitrato natural. O nitrato por si só não é uma coisa boa, mas o nitrato natural da beterraba funciona da seguinte forma ao ser ingerido, ao entrar na boca, já começa a digestão pelas bactérias que estão lá na nossa língua e já começa a conversão do nitrato em nitrito nitrito. E aí quando chega lá no trato digestivo, uma parte já pode até ter virado o óxido nítrico mas esse óxido nítrico é um potentíssimo vasodilatador. E eu fico falando aqui no canal várias vezes porque o óxido nítrico é exatamente a substância necessária para proteção do endotélio, que É aquela primeira camada de células dentro dos vasos e essa camada de células, ela é responsável pela regulação da nossa circulação. Se ela está funcionando bem, Ela vai vasos dilatar e ela vai contrair, regulando a pressão arterial e protegendo também de eventos a aterosclerose atípicas, como a deposição de placas de cálcio e a ter uma. Mas por ser um vasodilatador, ela tem sido muito utilizada em esporte, porque ela vai aumentar. Quando você vasos dilata, aumenta o calibre de um vaso, acaba conseguindo passar mais sangue passando mais sangue, passa mais hemácias passando, mais hemácias carregando oxigênio. Consegue oxigenar mais os tecidos, inclusive aí os músculos. É exatamente por causa desse efeito vasodilatador chegando mais oxigênio no sangue consegue aumentar a eficácia do exercício físico. Mas não só isso pode também melhorar a atividade sexual, pode melhorar ereção. Portanto, esse endotélio, ele é fundamental na regulação do tônus vascular e qualquer disfunção descendo, ele vai levar a doenças cardiovasculares graves no futuro. A beterraba também tem bastante beta. Alanina é a beta. A lâmina. Ela é capaz de diminuir o NK para beta e ainda leucina seis e Leucina seis é uma toxina pró inflamatória, então se ela diminui essa? O NA seis, ela vai diminuir a inflamação. Mas não é só isso, ela aumenta, então o sinal dez, então ele ensina dez é uma toxina anti-inflamatória. Então ela melhora a defesa do nosso corpo, a inflamação e ela diminui a produção de inflamação no nosso corpo. Ela também possui vários outros antioxidantes, alguns que atuam em pele. Então, pra quem está querendo ficar com a pele mais saudável, pele mais bonita, parecer mais jovem, mais tempo, não precisa de antioxidante, não tem jeito. E a beterraba tem bastante desses antioxidantes necessários. E ela vai ajudar a combater também os radicais, como por exemplo o super oxidante, que é como se fosse a poluição da célula. É aquele negócio que vai causando o enferruja mento do nosso sistema todo. Dessa forma, a beterraba pode ajudar no cérebro, melhorando a cognição e melhorando a memória, melhorando a capacidade de adquirir novas informações. Mas só que não vai ser só no cérebro, não pode ajudar no coração com todos esses eventos cardiovascular. Eles com a ajuda na proteção do endotélio vascular, diminuindo o risco de eventos cardiovasculares. Tem trabalho mostrando que o consumo de duas beterrabas por dia foi capaz até de diminuir a pressão arterial. Agora, a beterraba é tão eficaz nessa regulação vascular, nessa vasos dilatação que ela mostrou aumento da velocidade em corredores em 5%. Então você imagina que quem é esportista de alto rendimento adora a beterraba porque vai dar 5% de melhora no resultado que está buscando. diminui a necessidade de oxigênio. Vai precisar fazer mais exercício cálcio para chegar naquela dor do esgotamento muscular. tendo esse efeito no exercício físico, eu tenho certeza que a primeira pergunta é como usar, ou melhor, quando usar? O ideal é duas a 03h00 antes da atividade física. Tem estudo também mostrando a eficácia dela na prevenção de degeneração macular, problemas oftalmológicos. Agora, o sabor da beterraba é muito peculiar. Nem todo mundo se adapta, nem todo mundo gosta, né? Um suco de beterraba, todos os nutrientes vão estar lá. Mas tem que saber que algumas formas de preparo você não vai aproveitar todos esses antioxidantes. Então, se você ferver a beterraba, toda a água vermelha que vai que vai sair, vai estar mais rica em antioxidantes do que a própria beterraba. Então É melhor consumir ela no forno, por exemplo, ou até mesmo crua. E se você ferver, não jogar fora aquela água vermelha, porque aquela água vermelha é super rica em nutrientes. Todos os nitratos da beterraba vão acabar saindo dela e indo para essa água. Então, se você for comprar beterraba, toma cuidado pra não comprar a beterraba pré, porque eles vão te entregar uma maçaroca sem nitratos, sem os nutrientes necessários e a quantidade sugerida em torno de de duas a três beterrabas por dia, ou o equivalente a um suco de beterraba beterraba. e usando isso diariamente, você vai ter um benefício a médio e longo prazo para a sua circulação. Agora, agudamente, você pode usar como um pré treino para aumentar o seu rendimento, então vou colocar lá em baixo na descrição um link para você baixar um ebook completo gratuito com receitas para você conseguir usar a beterraba beneficamente para sua saúde sem perder esses nutrientes. Se você gostou do nosso vídeo, inscreva se no nosso canal, clica no sininho para receber as notificações e fica aí para o próximo.

    Centrifuga de Alimentos,1000, 800w, Preto, 110v, Britânia

    Centrifuga de Alimentos, Juicer 700, 400w, Preto, 110v, Britânia

    Qican Liquidificador portátil Mi-ni Fast 350ml Juicer Cup com carregamento sem fio 4 lâminas para smoothie, milk-shake, suco, comida para bebê

    R$ 549,90

    R$ 284,99

    R$ 75,00

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Comprar na Amazon

    Centrifuga de Alimentos,1000, 800w, Preto, 110v, Britânia

    R$ 549,90

    Comprar na Amazon

    Centrifuga de Alimentos, Juicer 700, 400w, Preto, 110v, Britânia

    R$ 284,99

    Comprar na Amazon

    Qican Liquidificador portátil Mi-ni Fast 350ml Juicer Cup com carregamento sem fio 4 lâminas para smoothie, milk-shake, suco, comida para bebê

    R$ 75,00

    Comprar na Amazon

    Composição Nutricional da BeterrabaA beterraba é rica em diversos nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais e antioxidantes. Entre eles, destacam-se o folato, manganês e a vitamina C. O folato é crucial para a regulação da homocisteína, um aminoácido que, em altos níveis, pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, como a aterosclerose. Além disso, a beterraba contém glutationa, um antioxidante natural que ajuda na detoxificação do corpo e na proteção contra danos celulares.Nitratos Naturais e Saúde VascularUm dos principais componentes da beterraba que contribui para a saúde vascular são os nitratos naturais. Ao serem consumidos, esses nitratos são convertidos em nitritos pelas bactérias na boca e, posteriormente, em óxido nítrico no estômago. O óxido nítrico é um potente vasodilatador, o que significa que ele ajuda a relaxar e dilatar os vasos sanguíneos, melhorando a circulação sanguínea e reduzindo a pressão arterial. Esse mecanismo é particularmente benéfico para atletas, pois pode melhorar a eficiência do transporte de oxigênio e nutrientes para os músculos durante o exercício físico.Antioxidantes e Prevenção de DoençasAlém dos nitratos, a beterraba é rica em antioxidantes poderosos, como a betalaína e a rutina. Esses antioxidantes protegem o corpo contra o estresse oxidativo, que pode danificar as células e é um fator de risco para muitas doenças crônicas, incluindo doenças cardíacas e câncer. A rutina, em particular, é conhecida por suas propriedades venotônicas, ajudando na circulação e na redução do colesterol “ruim”.Consumo e PrecauçõesIncorporar beterraba na dieta pode ser feito de várias maneiras, seja em sucos, saladas ou como acompanhamento cozido. No entanto, é importante não exagerar, especialmente para aqueles que precisam monitorar a ingestão de açúcar e calorias devido ao alto teor de carboidratos da beterraba.Embora a beterraba ofereça muitos benefícios à saúde, é essencial consultar um profissional de saúde antes de fazer mudanças significativas na dieta, especialmente para pessoas com condições de saúde existentes.ConclusãoA beterraba não é apenas um legume saboroso, mas um aliado valioso para a saúde vascular e geral. Seus compostos bioativos e nitratos naturais oferecem uma gama de benefícios que vão desde a melhoria da circulação até a proteção antioxidante. Incluí-la na dieta pode ser uma maneira deliciosa e colorida de promover um corpo saudável.

    O post Beterraba: O Superalimento que Melhora a Circulação Sanguínea apareceu primeiro em Vascular.pro.

  • Melhorando a Saúde com Produtos Naturais: Um Guia Prático

    by Dr. Alexandre Amato on abril 23, 2024 at 7:16 pm

    Com a crescente busca por alternativas naturais para o bem-estar, é essencial explorar como produtos comuns do dia a dia podem ser utilizados para melhorar nossa saúde. Produtos naturais, muitas vezes encontrados em nossas cozinhas, oferecem uma variedade de benefícios para a saúde, apoiados por evidências científicas.

    Tabela de conteúdos1. Mel e suas propriedades curativas:2. Probióticos e saúde intestinal:3. Ômega 3 e seus benefícios cardiovasculares:4. Cúrcuma, um poderoso antioxidante:5. Alho, um aliado cardiovascular:6. Chá verde, para o bem-estar geral:

    Resumo
    O Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular, discute o uso de produtos naturais com benefícios comprovados para a saúde. Ele enfoca alimentos e substâncias como ameixas pretas, mel, probióticos, Ômega 3, cúrcuma, magnésio, Ginkgo Biloba, ginseng, alho, chá verde e Ashwagandha, explicando seus efeitos positivos, especialmente no que se refere a questões vasculares e cognitivas. O vídeo ressalta a importância de uma alimentação natural na prevenção de doenças crônicas e melhoria da qualidade de vida. No final, Dr. Amato promove um ebook gratuito com receitas naturais para quem assistir ao vídeo até o final, incentivando a adoção de um estilo de vida mais saudável.

    Transcrição
    Imagine melhorar a sua saúde com itens que você já tem em casa. Vou revelar como usar produtos naturais comuns do uso do dia a dia para melhorar a sua saúde. Sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato. Eu ajudo pessoas com problemas circulatórios a entenderem o seu problema e melhorar em qualidade de vida. Esqueça os mitos. Eu vou revelar aqui produtos naturais que têm evidência científica e que atuam no seu bem-estar. Fique aqui comigo que eu vou colocar no final do vídeo um ebook gratuito para você com várias dessas receitas naturais. Mas como são receitas poderosas, eu não vou deixar qualquer um baixar. Não vou colocar no vídeo aqui um código, porque pelo menos eu tenho certeza que você prestou atenção e vai fazer bom uso disso. E para você que não acredita no poder das substâncias naturais para atuar na sua saúde, eu sugiro uma experiência: pegue cinco ameixas pretas, coloque dentro de um copo de água. Deixe descansando durante a noite e tome durante o café da manhã. A ameixa é muito rica em sorbitol. É um ácido que tem um efeito laxativo sobre a gente, não consegue absorver e também vai ter esse efeito. A ameixa faz parte de uma lista de alimentos funcionais que têm uma propriedade nutricional, mas elas atuam também na função dos nossos órgãos, de forma que essa água de ameixa vai ter um efeito laxativo muito grande é esse efeito laxativo pode ajudar a regularizar o trânsito intestinal. Então, se está com dificuldade de evacuar muito constipada, isso pode ajudar bastante. Então vamos falar sobre os remédios naturais que podem e são utilizados diariamente no mundo todo e que têm evidência científica. Vamos começar falando do mel, o mel um alimento muito gostoso, muito saboroso, muito rico em nutrientes, apesar de ter bastante açúcar, ele chega a ser até recomendado pela Academia Americana de Pediatria no tratamento de tosse noturna, principalmente para crianças acima de um ano de idade. Isso é importante porque o mel pode conter uma bactéria que se chama Clostridium, e essa bactéria ela pode ser letal para crianças menores de um ano, mas alguns trabalhos mostraram que tem uma eficácia igual ou até mesmo superior a alguns medicamentos que são vendidos na farmácia, mas o mel tem por causa dos seus antioxidantes, tem vários outros efeitos positivos. Eu tenho um vídeo inteiro falando sobre o mel aqui no canal. O segundo são os probióticos. Probióticos são bactérias que vivem em alimentos, principalmente os alimentos fermentados e que atuam desde na nossa saúde intestinal, não o hábito intestinal, mas elas produzem substâncias ativas, bioativas no nosso corpo e afetam até a saúde mental. Os alimentos fermentados como iogurte, chucrute, kefir, kimchi são produtos que têm bactérias e que são probióticos. Os probióticos vivem no nosso trato gastrointestinal e são fundamentais para a gente. Eles vivem em simbiose, que é uma simbiose. E quando um ser vivo vive juntamente com algum outro e ambos trabalham para deixar a vida mais confortável para o outro. Então a gente acaba comendo e alimentando esses probióticos que vivem no nosso trato gastrointestinal, mas eles estão lá, produzindo substâncias que são benéficas para a gente também tem trabalho mostrando os probióticos atuando na imunidade, na inflamação do nosso corpo. Mas é importante dizer que existem vários tipos de bactérias e probióticos. Existem as bactérias saudáveis, existem as bactérias maléficas também, então é diferente, cepas também. Então às vezes é uma bactéria de uma cepa diferente que vai produzir um produto bom e outra da mesma mesma bactéria, mas uma cepa um pouquinho diferente que pode produzir alguma substância maléfica. Então o importante é a gente se alimentar com esses probióticos saudáveis e manter um equilíbrio entre as bactérias boas e as bactérias ruins. Os probióticos são tão importantes que eu também tenho um vídeo inteiro falando sobre eles aqui no canal. Agora vamos falar sobre o Ômega três. Ômega três é amplamente estudado, o seu benefício nas doenças cardiovasculares, então ele vai afetar pressão arterial e risco coronariano. Ajuda a diminuir triglicerídeos. O ômega três está numa alimentação saudável, principalmente naqueles peixes mais gordurosos de águas frias. Existem três tipos principais de ácidos graxos tipo ômega três: o ALA, o EPA e o DHA. O nosso corpo é capaz de converter o ALA em EPA e DHA, mas essa conversão é ineficiente, então a gente tem que suprir o nosso corpo de certa forma. O Ômega três tem esse efeito anti-inflamatório. Ele é um potente também antioxidante e tão importante o ômega três que a gente tem aqui no canal um vídeo inteirinho falando sobre ele também. Agora vamos falar sobre a cúrcuma. A cúrcuma também é um excelente e potente antioxidante. Ela vem do açafrão-da-terra e a substância que tem lá dentro é a curcumina. O problema da curcumina é que ela tem uma baixa biodisponibilidade, ou seja, a gente consegue absorver pouco dela, mas mesmo aquela curcumina que a gente não consegue absorver ela no trato gastrointestinal, ajuda na formação daqueles probióticos saudáveis que eu comentei. Agora a gente pode aumentar essa biodisponibilidade. Normalmente a gente usa a piperina, que nada mais é do que a pimenta. Se te interessa a dose, quantidade, como fazer e como comer. Eu também tenho um vídeo inteirinho aqui falando sobre a cúrcuma na saúde vascular. Uma outra coisa super natural é o magnésio. O magnésio nada mais é do que um mineral, uma rocha. Esse magnésio, ele é fundamental no nosso corpo e em várias reações bioquímicas. Então ele vai atuar desde a saúde óssea, à saúde imunológica e também na nossa saúde vascular. O magnésio a gente vai encontrar em várias sementes, nozes e alguns legumes. A gente também tem aqui no canal um vídeo inteirinho falando sobre o magnésio. Se te interessar a dose, outras formas de obter e como melhorar a sua saúde com ele. O Ginkgo Biloba é outro produto natural também frequentemente usado no mundo inteiro. Também tem bastante estudos científicos sobre o Ginkgo Biloba. Ele é muito usado para tratar problemas cognitivos mentais. Memória também é utilizado no tratamento de Alzheimer. O Ginkgo Biloba é super interessante. Esse eu não tenho nenhum vídeo aqui no canal, só porque ninguém perguntou lá no comentário do vídeo sobre esse assunto. Se você acha que é um assunto interessante para eu me aprofundar mais, escreve lá embaixo que eu quero saber. Eu estou sempre lendo os comentários e é a partir daí que eu acabo criando os novos vídeos que é pra você. O ginseng é outra raiz também super utilizada na medicina tradicional chinesa, também muito indicada para problemas cognitivos, memória, mas também pra saúde sexual, para disfunção erétil e muitas vezes é indicada também de forma genérica para melhora do bem-estar. O ginseng é uma das plantas medicinais mais populares e mais utilizadas no mundo inteiro. Tem bastante estudo científico falando dele e é tão comum o uso que eu também já fiz um vídeo inteirinho sobre o seu uso. Então, se te interessa a dose, como usar e para que serve, sugiro dar uma olhada nesse vídeo que é super legal. Um outro alimento funcional, ou seja, tem a sua parte nutricional, mas também tem um efeito no nosso corpo. É uma coisa super comum, com certeza absoluta tem na sua cozinha; é o alho. O alho é muito rico em alicina e ele tem um efeito cardiovascular potente e esse efeito é na pressão arterial, ajudando a diminuir a pressão arterial, controle do colesterol e até mesmo diminuição de risco cardiovascular. Mas não dá para fazer o alho de qualquer forma, senão você perde esses efeitos funcionais dele. Então eu também tenho um vídeo inteirinho falando do efeito do alho na circulação. Se te interessa a quantidade que é necessário, como fazer e como usar, sugiro dar uma olhada lá nesse vídeo também. Está super legal. Uma outra coisa que tem uma probabilidade enorme de ter aí na sua casa já é o chá verde. O chá verde é extremamente rico em antioxidante. Eles e dessa forma ele também ajuda na saúde cardiovascular, na saúde mental, na cognição. Mas também pode ajudar até no controle do peso. Como é um assunto super interessante, eu também já fiz um vídeo inteirinho sobre ele aqui no canal. Então se te interessa como fazer, dose, ideias de como utilizar no dia a dia e tem várias formas de chá verde diferente, eu sugiro que dê uma olhada nesse vídeo que tá ótimo. Agora eu vou falar de mais um que não é tão comum assim. Não pode ser que não tenha ainda na sua casa, que é o Ashwagandha. Ashwagandha é uma erva adaptogênica. Ela é utilizada muito na modulação de humor. Ela veio da medicina tradicional indiana. Ela pode melhorar o estresse, a ansiedade, pode ajudar também na função cerebral e fazendo tudo isso, ela acaba também melhorando o sono. E aqui eu já falei várias vezes sobre a importância do sono para a nossa saúde, não só o bem-estar geral, mas direcionado também na saúde das paredes, dos vasos. Eu não fiz nenhum vídeo ainda aqui no canal sobre a Ashwagandha, mas de novo, só porque ninguém me perguntou lá embaixo. Se te interessa, por favor, comenta. A Ashwagandha tem sido objeto de diversos estudos científicos. É bem interessante a sua aplicação e a sua funcionalidade. Só que além desse efeito adaptogênico, ela também é muito rica em antioxidantes, que são aqueles anti-inflamatórios, então tem um efeito em diminuir o risco de doenças crônicas e inclusive as doenças cardiovasculares. Então eu vou deixar lá embaixo na descrição um link para você baixar um e-book completo com várias receitas naturais para melhorar a sua saúde. A ideia deste vídeo foi mostrar várias possibilidades naturais que podem ter aí na sua casa, para já dar um upgrade na sua saúde. Como tem muita gente que não acredita nisso, pelo menos acreditar que uma alimentação saudável tem um impacto sim na sua saúde. Mas não é da noite para o dia. Isso são mudanças que têm que ser feitas a longo prazo e o efeito também vai ser colhido a longo prazo. Não adianta você estar doente hoje e hoje, resolver começar a comer os alimentos funcionais esperando que essa doença se reverta. O efeito é muito mais preventivo, profilático do que um efeito de tratamento. Infelizmente, as pessoas não dão a devida importância à alimentação e só vão perceber isso no final da vida, quando estão colhendo os frutos de décadas comendo errado e com alimentos super industrializados que vão deteriorando a sua saúde. É muito fácil comer de forma natural e saudável e algumas dicas estão nesse e-book que eu vou dar para vocês e para você fazer o melhor uso dessa informação que eu te passei. Agora eu sugiro assistir esse vídeo aqui sobre os alimentos que te inflamam.

    1. Mel e suas propriedades curativas:

    O mel é amplamente conhecido por suas propriedades antioxidantes e sua capacidade de aliviar a tosse. Embora seja rico em açúcares, seu uso é recomendado em moderação até para crianças acima de um ano para tratar tosse noturna. É importante observar que o mel pode conter bactérias que são prejudiciais para crianças menores de um ano.

    2. Probióticos e saúde intestinal:

    Os probióticos, encontrados em alimentos fermentados como iogurte e kefir, desempenham um papel crucial na saúde intestinal e até mental. Eles ajudam a manter uma boa flora intestinal e são associados à melhoria da imunidade e à redução de inflamações no corpo.

    3. Ômega 3 e seus benefícios cardiovasculares:

    O ômega 3, presente em peixes gordurosos, é essencial para a saúde cardiovascular. Este ácido graxo ajuda a reduzir os níveis de triglicerídeos e tem efeitos anti-inflamatórios, protegendo contra doenças do coração.

    4. Cúrcuma, um poderoso antioxidante:

    Conhecida por suas propriedades antioxidantes, a cúrcuma (açafrão-da-terra) contém curcumina, que, apesar de ter baixa biodisponibilidade, pode ser aumentada com o uso de piperina (pimenta-preta). Este tempero é benéfico para a digestão e saúde geral.

    5. Alho, um aliado cardiovascular:

    O alho é notório por seus efeitos benéficos na redução da pressão arterial e no controle do colesterol. Para preservar suas propriedades medicinais, deve ser preparado de maneira adequada.

    6. Chá verde, para o bem-estar geral:

    O chá verde é rico em antioxidantes, auxiliando na saúde cardiovascular e cognitiva, e pode até ajudar no controle do peso.

    Estes são apenas alguns exemplos de como ingredientes naturais e acessíveis podem ser incorporados à nossa rotina diária para fomentar uma vida mais saudável. A utilização consciente desses produtos naturais, apoiada por evidências científicas, promove não apenas a saúde física mas também o bem-estar mental.
    O post Melhorando a Saúde com Produtos Naturais: Um Guia Prático apareceu primeiro em Vascular.pro.

  • Limão e Saúde Vascular: Desvendando Mitos e Verdades

    by Dr. Alexandre Amato on abril 16, 2024 at 2:03 pm

    O limão, amplamente conhecido por seu sabor ácido e sua versatilidade na cozinha, também carrega uma fama de “superfruta” devido aos seus benefícios para a saúde. Entre eles, destaca-se a sua possível influência na saúde vascular. Neste artigo, exploraremos como componentes como a vitamina C, os flavonoides e outros aspectos do limão podem impactar a saúde vascular, desmistificando algumas crenças populares e destacando o que a ciência realmente diz sobre esses efeitos.

    Sumário

    Resumo

    Dr. Alexandre Amato, um cirurgião vascular do Instituto Amato, desmistifica os benefícios do limão para a saúde vascular em seu vídeo. Ele explica que, apesar dos benefícios reais do limão, como ser rico em vitamina C e flavonoides, muitas das alegações populares sobre seus efeitos milagrosos, como desentupir veias ou alterar drasticamente o pH do sangue, são infundadas. O vídeo também aborda a diferença entre o limão taiti e o limão siciliano, com ênfase na importância de entender qual tipo de limão os estudos científicos referenciam. Além disso, Dr. Amato oferece um ebook gratuito com receitas que utilizam limão de maneira benéfica para a saúde.

    Transcrição

    não é mágica.  Ciência Descubra como que o limão dentro de uma dieta equilibrada  pode ou não influenciar a sua saúde vascular.  Será que limão pode desentupir veias?  E a vitamina C que tem nele?  E os flavonóides?  Qual é o impacto disso na sua saúde?  Eu sou o Dr.  Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato.  Eu ajudo pessoas com problemas circulatórios  a entenderem o seu problema e melhorar em qualidade de vida.  E eu já te falo tudo o que você aprendeu sobre o limão na saúde está errado.  Eu li centenas de artigos científicos e passei horas assistindo  gente séria e picareta falando sobre o limão na internet.  Tudo isso para facilitar a sua vida e colocar aqui neste vídeo  o que realmente você precisa saber sobre esse assunto.  E não perca, fique aqui comigo até o final que eu vou te dar de presente  um ebook gratuito com várias receitas que você  vai aprender a usar o limão como benefício para sua saúde.  só que tem uma questão como são receitas super poderosas,  eu não quero que qualquer um saia usando sem entender ou começa a falar  besteira, então vou colocar no vídeo aqui um código para você conseguir baixar.  Então o que eu falei antes é verdade, Tudo o que você aprendeu sobre limão  está errado.  E por um princípio básico Aqui no Brasil a gente usa o limão taiti,  que é o citrus latte. Folha.  Todos os artigos científicos falam sobre esse outro limão aqui,  que é o limão siciliano, o limão siciliano e o citrus limão,  que foi estudado muito em vários artigos.  Então, assim, qualquer coisa que estão falando baseado em artigo  falando sobre esse limão aqui  ao invés desse aqui que provavelmente você está usando.  E falo mais isso aqui não é um limão isso aqui é uma limão.  Então já percebeu a quantidade de besteira que pode ter passado por aí?  Uma coisa é você acreditar até em evidência científica,  outra coisa é ter fé.  Eu também tenho fé que muita coisa vai dar certo.  E assim, eu não sou contra o uso do limão não,  Ele é benéfico e tem muita coisa que pode ajudar.  E eu vou contar aqui para vocês.  Mas será que aquela água com limão que você estava ouvindo, fazendo  realmente atua da forma como foi explicado e é aquele benefício mesmo que vai ter?  Fica tranquila que eu vou explicar aqui nesse vídeo. é.  Eu vi um monte de coisa também vi que tem que ser água com limão,  a água morna com limão, a água com o sal e limão.  E aí tem todas as variantes, o que cada um vai querer a sua receita,  o quanto que isso pode te ajudar e o quanto que não pode te ajudar?  Será que essa água com limão vai evitar trombose  ou vai desentupir uma artéria ou veia que esteja ou poluída?  Aí eu já acho que é demais né gente?  Não dá pra gente atribuir a uma fruta super poderes também, senão  ia desmoronar toda a necessidade de uma especialidade inteira  que é a cirurgia vascular.  Imagina como seria fácil prescrever umas gotinhas de limão  e por todos os problemas da vida, resolvido.  Mas veja, não sou contra o uso do limão, é, ele tem seu efeito benéfico sim.  Então eu vou falando do limão aqui, mas eu estou falando da lima, tá?  Quando eu quiser falar do limão siciliano, eu vou falar esse aqui.  Ambos são ricos em vitamina C, ambos são ricos em vários nutrientes.  É uma fruta proveniente do limoeiro.  Ela é muito ácida, mas ela não é mais ácida do que o nosso estômago.  A acidez da fruta vai girar em torno de 2 a 3.  Sim, o estômago é muito mais ácido, Então tomar um limão.  Ele não vai conseguir alterar drasticamente essa acidez do estômago.  Mas obviamente, se você tem uma gastrite e tem uma lesão,  é bom evitar a ingestão de alimentos ácidos muito mais  porque vai estar com todo o trato digestivo inflamado, danificado.  E aí qualquer agressão extra pode piorar ou perpetuar essa inflamação.  Agora eu acho bonitinho que tem muita gente que desenha todo  um metabolismo para o ácido cítrico, virando o citrato e depois mudar o pH  da pessoa pra pessoa entrar em alcaloides e ou acidose.  Não vou entrar nesse mérito aqui,  mas eu queria deixar muito claro que essa questão de alcalóides é acidose.  Ela é regulada pelo nosso pulmão e pelos nossos rins.  Então, muito embora tenha gente falando ah, tem que tomar água com limão  pra entrar em alcaloides.  Eu não vou entrar no mérito  do fato de ser uma fruta ácida e que tem um efeito ácido.  Não é isso que eu vou falar. Eu vou falar de outra coisa.  Se quem regula a nossa acidez ou calor no sangue é o pulmão,  é o rim, tem coisa muito mais eficaz pra gente mudar isso?  Então vamos lá.  O nosso sangue, ele tem que ficar num pH em torno de 3,4  variação é mínima dentro disso, e se varia um pouquinho  para menos ou um pouquinho pra mais, são doenças gravíssimas  e que muitas vezes você acaba indo para uma U.T.I.  Então, se realmente fosse possível com um suco de limão  você alterar o pH do sangue Ia ter muita gente  indo para o hospital, porque com o meu limão não quero esquecer.  Eu vou falar também aqui dessa frutinha que é a frutinha do milagre  junto com o limão. E qual é o efeito dela?  Então vamos lá.  Se realmente fosse importante entrarem alcalóides e ou acidose,  que seria realmente mudar  o pH do nosso sangue, tem um método muito mais eficaz que é  usando a respiração, a nossa frequência respiratória.  Ela gira em torno 12 a 20 incursões  por minuto, ou seja, inspiração e expiração.  E é exatamente essa respiração que vai colocar para fora o gás carbônico,  que é ácido.  Então eu vou ensinar duas coisas aqui que eu não quero que vocês saiam fazendo,  porque entrar em alcaloides é de verdade ou entrar em acidose de verdade  é perigosa.  Mas eu estou explicando aqui como que nosso corpo funciona  se você começar a respirar mais rápido mais do que 20 inspirações  e expiração por minuto, você vai começar a expelir mais  gás carbônico e vai começar a tirar  o ácido do seu corpo.  E aí sim, você vai entrar em uma alcalina e de verdade.  Então, se por ventura fosse importante de alguma forma você entrar em alcalóide,  eu acho que é mais fácil  acertar a respiração do que começar a ter que tomar suco de limão.  Só que o outro lado também é verdade.  Se você quer entrar em acidose, existe um método  bem simples que é começar a respirar num saquinho.  Quando você  respira num saco, você começa a reaproveitar o gás carbônico  que você respirou  e você começa a reter gás carbônico e começa a aumentar a acidez do seu sangue.  Então esses dois métodos são muito eficazes para entrar em acidose  alcalinos e são tão eficaz que eu estou falando aqui de novo.  Não façam porque funciona.  Por outro lado, eu tenho que falar também que a acidez do limão  pode não ser o suficiente pra piorar a acidez do estômago,  mas essa acidez do limão ela é suficiente para estragar  esmalte do dente,  então é muito mais válido se você for comer o limão que você dilua,  o que você coloque na comida do que comer puro.  Agora tem alguns trabalhos que mostram até que altera aí a produção do oxalato  e aí a formação de pedras e cálculos no rim.  Alguns trabalhos sugerem também um efeito antimicrobiano, mas a questão é  eu não estou falando que o limão é ruim, eu estou falando que ele não faz  o que estão prometendo, que ele faz, porque o limão é muito rico  em vitamina C, como eu já disse, mas também é flavonoides entre eles.  Aí, Esperidião,  veja o quanto que eu tenho que acreditar na Esperidião, na Esperidião.  É um medicamento vendido em farmácia  e ele tirado do limão ou da laranja.  Essa aí, Esperidião.  Ela é vendida como um veneno.  O tônico tem a capacidade de melhorar a parede dos vasos vasos.  Essa Inspire Dina é um potentíssimo antioxidante, tem efeito  anti-inflamatório, sugere até que tem um efeito anti carcinoma gênico.  Ele é encontrado em várias frutas cítricas,  então não precisa ser necessariamente o limão assim.  Eu sou super fã da Esperidião.  Se você achar interessante, comenta lá embaixo  que eu quero saber que aí eu faço um vídeo sobre isso.  O limão também tem várias substâncias benéficas na sua casca, entre elas.  Aí o limão.  Então, para conseguir aproveitar esse benefício,  você teria que  tomar o limão junto com a casca, porque não é uma coisa frequente ou comum  às pessoas que fazem a limonada suíça, volta e meia colocam o leite condensado  ou um monte de açúcar para conseguir tomar, porque realmente fica mais amargo.  Mas o limão tem aquele efeito anti náusea.  Eu fiz um vídeo há quase uma década atrás aqui  falando da raspadinha para melhorar a náusea.  E lá eu falava que uma das frutas que a gente pode usar para diminuir  a náusea é colocar um cítrico como o limão.  Realmente isso funciona.  Eu sugiro o uso  agora, é super rico em ácido ascórbico, que é a vitamina C e a vitamina C.  Ela é muito importante na nossa imunidade, principalmente associado ao zinco,  mas também é muito importante na formação de colágeno.  E o colágeno é o tijolinho do nosso corpo, inclusive dos nossos vasos.  Então a gente precisa de colágeno para conseguir manter a estrutura  dos nossos vasos.  A vitamina C, o ácido ascórbico é super importante,  mas existe também em outros alimentos.  Não precisa ser obtido diretamente do limão  e de alguma forma mágica para que ele seja utilizado.  Ele também possui vários minerais, entre eles potássio, magnésio.  É uma fruta realmente muito saudável, principalmente porque é baixíssima  em frutose, é muito rica em fibras, mas aí depende da forma como você está  ingerindo também E tem gente que diz até que o limão vai emagrecer.  Então, de novo, vamos separar limão siciliano de lima ou limão taiti.  Então, aonde está essa evidência?  Ou talvez um pouquinho de achismo?  Então, a questão é se você está com sede  e você confunde a sede, pode acabar comendo mais do que é necessário.  Toma água com limão é um excelente,  vai te hidratar mais e você estando hidratado,  Você pode não ter aquela vontade de sair comendo tudo pela frente,  mas isso quer dizer que diretamente atua na perda de peso,  não pode dar uma saciedade pela ingesta  hídrica, mas não necessariamente pelo fato de ter sido o limão.  A vantagem é que dentre todas as frutas, ela tem muito pouca frutose  e não traria o aumento calórico alimentar durante o dia, né?  Agora, uma outra coisa que realmente ela funciona, mas aí tanto o limão taiti  quanto limão siciliano ou qualquer outra fruta rica em vitamina  C ou fruta cítrica que é mais ácida é na melhora da absorção do ferro.  Então muita gente está aí com deficiência, ferro e não consegue absorver  porque não tem um ambiente bom para isso no trato gastrointestinal.  Uma das coisas que piora, por exemplo,  a absorção do ferro e o café.  Mas se você quer aumentar essa absorção, você pode tomar alguma coisa mais ácida,  entre elas uma limonada ou um suco de limão,  que vai aumentar absorção desse ferro, principalmente junto com a  ingesta de alguma outra coisa que seja muito rica em ferro.  Então, por exemplo, uma carne ou feijão.  então como que a gente pode usar o limão?  A minha sugestão é usar como tempero de uma salada, colocar junto  com alguma outra coisa para diluir e não ter o dano no esmalte do dente.  Precisa tomar daquela forma que você ouviu por alguém aí em algum vídeo.  Tem que ser na água, tem que ser morna.  Tem? Não, não precisa, mas pode também.  Não tem problema nenhum.  O pH do limão não é o suficiente para causar um dano no estômago.  Eu tinha na minha faculdade, tinha um professor que já tinha morrido,  que era famoso, tinha um monte de história para contar dele  e diziam que ele tratava a gastrite com ácido  e que era um absurdo na época, mas ele era considerado um visionário.  Mas eu queria lembrar uma outra coisa que se você vai espremer um limão,  toma cuidado que ele faz queimadura de sol.  Você tem que lavar bem a mão depois de utilizar  ou fazer alguma coisa com limão.  Aí não adianta fazer caipirinha não.  A caipirinha quer colocar o limão saudável, álcool e açúcar,  duas coisas que te inflamam e vão te destruir de alguma forma.  Algumas pessoas também gostam de misturar o limão com cúrcuma ou com mel.  Fica gostoso.  Uma associação que eu tentei recentemente e vi que dá muito certo  e o limão com gengibre.  Algumas pessoas também aproveitam o efeito benéfico do própolis.  Eu tenho um vídeo inteiro falando do própolis.  Se te interessar assim são centenas de receitas, então por isso  que eu vou colocar lá embaixo um ebook e o link do e-book  para você baixar de forma gratuita com várias dessas receitas.  A quantidade sugerida é que você não passe aí de quatro frutas por dia.  Evite usar puro porque vai ter uma lesão do esmalte dente.  Lembrando que tem algumas pessoas que tem alergia ao limão e a lima  Então essa alergia ela pode ser ingerida, mediada ou em G.G.  Existem testes para serem feitos, então uma é mais imediata, outra é mais tardia.  E para essas pessoas o limão e a lima pode não ser tão benéfico assim.  É melhor evitar. Quase que eu esqueci de mostrar aqui.  Essa aqui é a fruta do milagre, essa fruta do milagre.  Ela altera a forma como as papilas gustativas sentem os sabores.  Então é muito interessante que quando você come uma frutinha do milagre dessa  e depois come um limão ou uma limão.  Ela vai ter gosto de mel.  É muito interessante sim, você quiser comenta lá embaixo fruta do milagre que aí  eu sei que você quer que eu faça um vídeo sobre esse assunto,  Então me conta lá em baixo qual é a sua receita para fazer o limão ficar gostoso?  Mas de verdade, você só vai conseguir aplicar tudo isso  que eu falei se você estiver entendendo a vitamina C na circulação.  Segue assistindo esse vídeo.

    Vitamina C e Saúde VascularA vitamina C, ou ácido ascórbico, é um potente antioxidante encontrado no limão. Sua função primária no corpo humano é ajudar na síntese de colágeno, uma proteína vital para a manutenção de veias e artérias saudáveis. Além disso, a vitamina C fortalece o sistema imunológico e protege as células contra os danos causados por radicais livres, que podem acelerar o processo de aterosclerose (endurecimento das artérias).Flavonoides e Seu ImpactoOs flavonoides são um grupo de fitonutrientes também presentes no limão, conhecidos por suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Estudos indicam que os flavonoides podem melhorar a função endotelial dos vasos sanguíneos, reduzindo a rigidez arterial e baixando a pressão arterial. Esses efeitos contribuem para uma circulação sanguínea mais eficiente e diminuem o risco de doenças cardiovasculares.O Mito do Desentupimento de VeiasUma das crenças populares mais difundidas é que consumir limão pode “desentupir” veias ou arterias, prevenindo ou revertendo a aterosclerose. No entanto, não há evidências científicas robustas que suportem essa afirmação. A saúde vascular é influenciada por uma variedade de fatores, incluindo dieta, exercícios, genética e controle de doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Enquanto o limão pode contribuir para um perfil lipídico mais saudável devido à sua influência antioxidante, ele não é capaz de remover placas já formadas nas artérias.Considerações Sobre o Consumo de LimãoApesar dos benefícios, o consumo de limão deve ser feito com cautela, especialmente por pessoas que sofrem de problemas gastrointestinais como gastrite ou refluxo ácido. A acidez do limão pode irritar a mucosa do estômago, exacerbando os sintomas dessas condições. Além disso, é importante lembrar que a saúde vascular ideal é alcançada através de uma dieta balanceada e hábitos de vida saudáveis, e não apenas pelo consumo de um único alimento.ConclusãoO limão, com sua rica composição de vitamina C e flavonoides, oferece benefícios significativos para a saúde vascular, principalmente através do fortalecimento das paredes dos vasos sanguíneos e da melhoria da circulação. Contudo, é essencial abordar que ele não tem a capacidade de “desentupir” veias de forma mágica. Integrar o limão a uma dieta equilibrada, juntamente com um estilo de vida ativo, é a melhor maneira de aproveitar seus benefícios para a saúde cardiovascular.

    O post Limão e Saúde Vascular: Desvendando Mitos e Verdades apareceu primeiro em Vascular.pro.